ATUALIZE SEU AMANHÃ

Explorar Universo Atitus
Atitus Logo
AtitusCursosDiferenciaisInovação

LetProg capacita professores da educação básica em 27 municípios no RS

Publicado em 09/09/2022

Escrito por: Fabiana Freitas

Programa estimula a educação integral por meio do ensino de programação de computadores na rede pública

Cento e setenta professores de escolas públicas do Rio Grande do Sul estão na reta final do percurso formativo do programa Letramento em Programação, o LetProg. A iniciativa tem como objetivo desenvolver a educação integral por meio do pensamento computacional em estudantes do Ensino Fundamental, com práticas de programação de computadores.

Em 2022, a capacitação foi oferecida para educadores em 27 cidades gaúchas. O programa foi desenvolvido pelo Instituto Ayrton Senna e é patrocinado pelo Instituto Jama. A Atitus Educação é uma das instituições de ensino superior parceiras no Sul do Brasil, com o desenvolvimento de ações de pesquisa, ensino e extensão.

letprog-mapa.jpg

A capacitação dos docentes da educação básica iniciou no mês de fevereiro e tem previsão de término no mês de novembro. Nos encontros presenciais e à distância, síncronos e assíncronos, os professores compartilham aprendizados e boas práticas sobre o uso de tecnologia nas escolas públicas.

Nas formações mensais, os educadores também desenvolvem atividades de introdução à programação de computadores em sala de aula, com carga horária mínima de 36 horas ao longo do ano. A ideia é vivenciar na prática a proposta pedagógica do programa.

Na atividade, a meta é que os professores atuem como mediadores do processo de aprendizagem dos estudantes. Os estudantes do quarto ao nono ano do Ensino Fundamental são convidados a explorar conceitos e práticas do pensamento computacional e da cultura digital, bem como explorar as tecnologias por meio de vivências lúdicas e orientadas ao desenvolvimento de projetos.

Formadores em ação

Durante a capacitação dos docentes, os formadores do LetProg conduzem dinâmicas para possibilitar o compartilhamento de experiências entre os professores. Também é estimulada a produção de textos narrativos, orais e escritos, sobre suas próprias vivências com a tecnologia.

O compartilhamento das percepções dos docentes possibilita, ainda, que os sucessos e os pontos de melhoria na implementação do programa sejam identificados ao longo da capacitação, criando momentos de escuta e adaptando o programa à realidade de cada escola.

"A formação sempre é direcionada mais para o pedagógico, em como trabalhar conteúdos, em olhar nossos estudantes em suas especificidades e em seu modo particular de aprender, conta Irani Roani, gestora de produto do Letramento em Programação. "Para tanto, também é necessário que aconteçam momentos de estudos, de reflexões sobre nossa prática como formadores e formadoras, de nos colocarmos como estudantes, para entender o processo de aprendizagem, fundamental na nossa prática, para que ela realmente aconteça”.

Em 2022, as práticas de letramento em programação foram debatidas pelos formadores do LetProg e pelos professores da Atitus Educação por meio de encontros online. A professora Maria Carolina Fortes, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Passo Fundo (IFSUL/PF), participou de um dos encontros e propôs uma reflexão sobre o termo Homologia de Processos, criado pelo pedagogo Donald Schön.

Segundo os formadores, Schön chamou de Homologia de Processos aquilo que desejamos que nossos estudantes aprendam e incorporem na sua vida diária, visando a autonomia. “A formação de professores tem relação direta com a homologia de processos, pois, se colocar no lugar de quem aprende, também ensina como devemos agir ou olhar nossos estudantes, em quais competências socioemocionais nos ancoramos para o sucesso na aprendizagem", explica Roani.

Para a formadora do LetProg Fernanda Batistela, estar como formadora do LetProg tem sido uma experiência maravilhosa. Um dos motivos, a professora destaca, é porque tanto o ramo empresarial quanto o educacional estão avançando significativamente nessa área da programação e da robótica. “É sempre um prazer enorme estar aprendendo e ensinando algo relativo a esse assunto”, celebra Fernanda. Os formadores do LetProg são especializados nas áreas de Computação Desplugada, Scratch básico e Intermediário e Robótica.

HP (1).jpeg

Os encontros de 2022 contaram com a participação do time do LetProg responsável pela formação mensal dos professores, entre eles, Vânia Vedana, Graziela Tussi, Fernanda Batistela, Jonathas Pinheiro, Saulo Caetano, Irani Roani e Caroline Zanchetti.

Arte: José Saurin

FIQUE LIGADO
NA ATITUS

Ao se cadastrar para receber nossos conteúdos, você concorda com os Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Fale com a gente

51 4004 4818

© 2022 Atitus Educação.

logo